Nice: a mensagem de uma mãe que esteve três horas sem saber da filha

Luisa Marino, que vive na Suíça, esteve várias horas sem saber da sua filha, a pequena Lile, que estava em Nice com a avó, depois de surgirem as primeiras notícias do ataque com um camião que fez 84 vítimas mortais e deixou 202 pessoas feridas, 52 das quais em estado muito grave.

Há várias pessoas que também continuam desaparecidas e as redes sociais têm servido para familiares e amigos tentarem saber do seu paradeiro. Foi o caso de Luisa Marino, que postou uma mensagem no Twitter.

Esta mãe acabou por encontrar a filha e, desfeito o susto, deixou uma mensagem de esperança na sua página do Facebook, lembrando que não se deve ceder ao medo, nem à intolerância.

“Passei três horas esta noite sem saber se a minha filha estava viva”, escreveu Luisa Marino, referindo que enquanto estava à procura, além de mensagens da família também recebeu muitas de desconhecidos.

Na sua mensagem, diz ainda que, apesar deste ataque, a ideia que quer passar à filha não é a de rancor nem de intolerância. “(…) Vou continuar a acreditar na humanidade, no amor e vou continuar a dizer à Lile que a diferença é uma riqueza”, conclui.

Imagem de destaque: Facebook Oficial de Luisa Marino


Leia também: Nice: Histórias de sobrevivência no meio da tragédia


Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Conheça os jogadores mais sexy do Euro 2016