Nicole Kidman e Keith Urban: uma história de amor com 10 anos

Quatro meses. Foi o tempo que demorou até Keith Urban ganhar coragem para convidar Nicole Kidman para uma saída, depois de a ter visto pela primeira vez em 2005, na gala G’Day USA, em Los Angeles. “Eu disse-lhe ‘Não gostaste de mim à primeira vista, nem reparaste em mim’. E ele respondeu ‘Gostei sim, só não o mostrei’. Demorou quatro meses a ligar-me”, recordou a atriz, numa entrevista a Ellen DeGeneres, em 2013.

Ela, australiana com um Óscar no currículo, e ele, cantor de música country nascido e criado em Nashville, EUA, pareciam ter pouco em comum. Mas a verdade é que já lá vão 10 anos de casamento e os dois dizem estar tão felizes como no primeiro dia de namoro. “Vamos celebrar durante o ano inteiro. Sentimo-nos incrivelmente sortudos”, confessou Nicole Kidman ao canal E!.

Quando subiram ao altar, a 25 de junho de 2006, Nicole e Keith ainda não se conheciam completamente um ao outro. “Fomo-nos conhecendo durante o casamento. Eu gosto da ideia de casar e de só depois nos conhecermos. Sei que isso soa muito estranho, mas para mim é um processo natural”, reconheceu a atriz, numa entrevista à ‘Elle’, no ano passado.

A primeira filha do casal, Sunday Rose, nasceu a 7 de julho de 2008 – tem agora sete anos – e a segunda, Faith Margaret, a 28 de dezembro de 2010 – tem cinco. Elas são as meninas dos olhos de Urban, outro dos motivos pelo qual Nicole se apaixona pelo marido todos os dias. “Ele é divino. A melhor parte de ser casada com um músico é que temos música a tocar em casa a toda a hora. Ele é capaz de tocar piano às sete da manhã e tomamos o pequeno-almoço à volta do piano. Essa é a nossa vida”, contou Kidman a Ellen DeGeneres.

Esta década não se fez, no entanto, apenas de momentos felizes. Em outubro de 2006, pouco meses após o casamento, Keith deu entrada numa clínica de reabilitação para tratar a sua dependência do álcool, algo que já o perseguia desde a década de 1990. Nicole acabou por se afastar da digressão de promoção do filme ‘A Pele’ para estar ao seu lado.

“Conhecer a Nicole, apaixonar-me e começar a namorar com ela tornou-se na minha forma de sobriedade. Foi assim que eu consegui controlar-me” frisou o cantor, numa entrevista à ‘Rolling Stone’, em 2014. “Eu estava prestes a perder tudo. Conhecemo-nos na altura certa. Ela disse desde cedo que queria ser corajosa comigo. Sinto que havia algo que eu tinha que resolver e que estava a pairar sobre nós”, acrescentou ainda, numa entrevista à ‘People’.

Resistiram a essa prova de fogo, tal como resistiram, uns anos mais tarde, aos tradicionais rumores de divórcio que circulam em Hollywood. Quais são, então, os segredos deste romance duradouro? “Amamo-nos e fazemos por isso. É um trabalho que vale a pena”, explicou Urban.

Nicole e Keith nunca estiveram afastados mais do que cinco dias mas, sempre que se encontram em países ou continentes diferentes, fazem várias chamadas por dia, por telefone e Skype. Já para não falar que Keith tem o hábito de deixar uma carta de amor à sua mulher por cada noite que não passa em casa, contou ela, numa entrevista à ‘InStyle’.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Nicolas Cage e Alice Kim separam-se após 11 anos …