Nicole Kidman e Reese Witherspoon: “A base, para nós, é a amizade”

bigll

 

Na apresentação à imprensa, em Los Angeles, da nova série da HBO, Big Little Lies, o Delas.pt entrevistou as produtoras, as atrizes Reese Witherspoon e Nicole Kidman.

Ainda é preciso colocar o peso dos nomes para conseguir fazer este tipo de projetos focados em personagens femininas?

Reese Witherspoon: O star power ajuda. Unimos forças e foi poderoso que nós as duas tenhamos embarcado na produção. Existe um mar de mudança. Os últimos dois filmes que fiz tiveram realizadoras. As conversas estão a mudar. As pessoas agora dizem ‘caramba, não quero ver os mesmos dez gajos brancos num filme. Quero ver algo diferente.’ E isso é ótimo, porque melhora as narrativas por todos os lados.

Como lida com a reação das pessoas e os julgamentos sumários de personalidade, como a série mostra?

Reese Witherspoon: À medida que envelhecemos, ficamos mais ariscas. Perturbava-me quando era mais nova. Mas uma pessoa chega aos 40 e pensa, quero lá saber se ninguém gosta de mim. É isto que temos e é isto que estou a fazer. Não me vou torcer toda para agradar às outras pessoas.

A série tem uma mensagem que quer fazer passar?

Nicole Kidman: Não é uma obra com uma mensagem. Tenho alguma relutância em dizer às pessoas o que devem retirar ou pensar das coisas. A arte, a forma como é interpretada, é incrivelmente pessoal. É por isso que quero que as pessoas assistam à série em conjunto, porque isso cria uma conversa e as pessoas irão decidir o que retiram dela.

A base, para nós, é a amizade feminina e a camaradagem das mulheres, o poder das mulheres quando se unem, a forma como nos protegemos umas às outras.

Como foi filmar violência doméstica?

Nicole Kidman: Foi duro. Eu andava coberta de nódoas negras. Ia para casa, metiam-me na banheira e chorava. Foi muito duro e eu queria que fosse o mais real e autêntico possível. Há uma epidemia de violência doméstica no mundo. Fiz bastante pesquisa sobre o assunto, mas é difícil falar sobre isto. Não é tipo de tema que se preste ao soundbyte.


Leia também

A HBO mostra a ambição feminina

A série mais aguardada do ano está a chegar

E “Cresci sem ver corpos como o meu na TV”

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Em ‘Big Little Lies’, a HBO mostra a ambição…