O circo está na moda e não nos faz parecer palhaças

A inspiração circense é uma das grandes tendências da estação, o universo mágico do circo traz as cores vibrantes e tecidos brilhantes, botões grandes, alamares, golas, metalizados e padrões exuberantes.

Tudo é possível quando se entra no universo do espetáculo, mas para adaptar estes looks de fantasia ao dia a dia não precisa de parecer uma palhaça, seja ponderada e use apenas uma ou duas peças da tendência e não exagere na excentricidade.

Em Portugal, o mundo do Circo é marcada pelo Chapitô fundado por Teresa Ricou mais conhecida por Palhaça Teté, um projeto que promove a formação nas artes circenses mas também no teatro e promove vários espetáculos.

LISBOA - 06 JANEIRO 2006 :TETE NO CHAPITO NO DECIMO ANIVERSARIO EM LISBOA.(FOTO : MARIO RIBEIRO)
Teté no Chapitô (Mário Ribeiro)

Em 1996 nasceu a Companhia do Chapitô, uma companhia com espetáculos multidisciplinares que se centram na imagem e no movimento quebrando assim as barreiras da linguística. Hoje, dia 2 fevereiro, a companhia estreia a produção “Atelier de Tempos Mortos” para assinalar os seus 21 anos, como tal não podia haver melhor dia para seguir a tendência circense.


Veja também o novo power suit.


 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Girls: recrie o estilo de Hannah mas em bom!