Iva Domingues. Qual é o dia mais feliz da vida dela?

A apresentadora da estação de Queluz de Baixo admite que já teve vários momentos felizes ao longo da sua vida, como o dia em terminou o curso de Comunicação Social ou o momento em que se estreou na televisão.

Mas para Iva Domingues, nenhum deles é sequer comparável com a felicidade que sentiu no dia do seu 26.º aniversário, a 23 de setembro de 2002. Isto porque coincidiu com o nascimento da sua única filha, Carolina. “Eu sei que é um lugar comum, mas de facto não há outro momento que chegue sequer perto dessa felicidade. Tirando isso sou incapaz de colocar qualquer outra coisa perto. Foi tão importante, tão avassalador… Não há comparação, é impossível”, afiança.

Foi a partir desse dia que a estrela da estação de Queluz de Baixo conheceu um sentimento que desconhecia até então. “É life changing, inverte-se tudo, mudam as prioridades, muda a forma como vemos o mundo. Mudamos. Nasce um novo sentimento”, acrescenta a apresentadora, que celebra 40 anos naquele que é (duplamente) o dia mais feliz da sua vida.

Daí que Iva Domingues considere mesmo que deveria haver um outro nome para aquilo que uma mãe sente por um filho ou uma filha. “Conhecemos a tristeza, a raiva, a saudade. E de repente há um ali um novo sentimento, que se chama amor, mas que devia ser chamado de outra coisa qualquer porque é tão novo e tão diferente. É das coisas mais bonitas que pode haver”.

Futuramente, a apresentadora da TVI espera voltar a ter um dia tão feliz como o do nascimento da sua filha. Mas não tem dúvidas que, a acontecer, será sempre relacionada com “alguma vitória” ou “alguma conquista” da sua Carolina.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Anna Wintour e Amy Schumer trocam de profissão po…