O que acontece quando uma top model tem cancro?

Mieko Rye fez uma sessão fotográfica com cancro para mostrar o antes e o depois do seu corpo

Durante 20 anos, Mieko Rye foi uma modelo de sucesso. Foi capa de revistas e o rosto de marcas de grande consumo. Teve uma carreira reconhecida no mundo da moda, tal como qualquer modelo ambiciona.


Leia também o artigo Sofia Ribeiro rapa o cabelo


Também como qualquer modelo, Mieko preocupou-se sempre em sentir-se bonita, com o seu corpo e com a forma como os outros a veem. Agora, a modelo luta contra um cancro da mama.

“Já não tenho muitas das partes do corpo que as mulheres culturalmente definem como padrão de beleza… sobrancelhas, cabelo, pestanas e, em breve, o peito…”, escreveu Mieko Rye no Facebook.

Esta batalha tem-na desgastado emocional e psicologicamente, tal como a qualquer doente de cancro. Mas o impacto do tumor no seu corpo, na sua aparência, na imagem de modelo que foi sempre o produto do seu trabalho, tem um efeito devastador. E Mieko não se deixou ir abaixo. Nem por um minuto.

I had this idea to do a photo shoot while battling cancer. When I first began my career as a model 20 years ago I did...

Publicado por Mieko Rye em Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2016

 

Agora com cancro, a modelo fez uma sessão fotográfica que partilhou no Facebook, ao lado e uma imagem que fez dela capa de revista. As fotos falam por si.

“Tive esta ideia de fazer uma sessão fotográfica enquanto luto contra o cancro. Quando comecei a minha carreira de modelo, há 20 anos, eu não me enquadrava no conceito americano de beleza. Foi-me dito que o meu corpo era muito escuro, muito light, muito cheio de curvas, ou que o meu cabelo era demasiado seco, muito encaracolado, ou muito grande”, escreveu a modelo no post. “Mas depois as curvilíneas meninas brasileiras assumiram o mundo da moda, Deus as abençoe, e a minha carreira eclodiu. Eu tinha um nicho. Ser ‘exótica’ era fixe… ser ‘ambígua’ era fixe… ser ‘mulata’ era fixe…’”, prossegue.

“Agora, já não tenho muitas das partes do corpo que as mulheres culturalmente definem como padrão de beleza… sobrancelhas, cabelo, pestanas e, em breve, o peito… Lentamente, a quimioterapia tem causado estragos no meu corpo.”

O post já tem centenas de partilhas e de comentários. São palavras de conforto e de esperança. “Mieko, tu és maravilhosamente inspiradora, a forma como consegues mostrar tanta beleza e força num momento tão difícil como este é simplesmente incrível!”, escreveu Nadine King. Outro exemplo de comentário é de Gail Crawford: “Oh Mieko, tu és e sempre serás linda… um cego saberia disso apenas ao ouvir-te falar.”

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Carli Lloyd venceu a Bola de Ouro feminina