O segredo para queimar gordura e perder peso sem esforço

Frutos silvestres e uvas ajudam a perder peso (Foto: Shutterstock)

É o desejo partilhado por muitos, homens e mulheres. Mas desengane-se quem pensa que queimar gorduras tem que ser sinónimo de horas passadas no ginásio e de sofrimento, muito sofrimento. Nada disso. A garantia é dada por Harley Pasternak, nutricionista e ‘personal trainer’ de estrelas como Ariana Grande, Lady Gaga ou Kim Kardashian, que confirma que não é através de aulas intensas de cardio que se consegue a silhueta desejada. A solução é simples: basta apenas… andar.

A especialista, citada pelo Business Insider, garante que quanto mais intensa for a atividade de cardio, mais calorias por minuto se vão queimar. Até aqui tudo bem. O pior vem depois. É que uma elevada percentagem destas calorias é oriunda de fontes onde há menos gordura, ao contrário do que acontece quando andamos. Aqui, a gordura queimada advém das zonas onde ela é mais abundante.


Ver também os artigos:
Os cortes de cabelo para o verão de 2017
Preste atenção à doença do sono que causa AVC silenciosos
O que vai estar mesmo na moda nos casamentos em 2017


Resumindo, atividades de cardio queimam muitas calorias, é certo. Mas não queimam gorduras. E há mais. A lista de contras volta a crescer, garante a mesma fonte, porque este tipo de exercícios faz-nos ter fome, muita fome. Ou seja, há uma relação entre a intensidade do exercício de cardio praticado e a vontade de comer: mais de um significa também mais do outro. E se acabarmos o exercício esfomeados, isso significa que vamos comer mais do que aquilo que costumamos. E do que devíamos. Para que ainda não está convencido, há outra razão para trocar este tipo de atividade intensa pela caminhada, já que no primeiro caso o risco de lesão é bem maior.

Não quer tudo isto dizer que se deve deixar de correr ou fazer aulas que põem o coração a bater com mais força. A recomendação da especialista vai ao encontro daqueles que se costumam assustar perante a perspetiva de uma atividade física mais intensa. Para essas, a caminhada pode bem ser a solução. Não só é mais acessível, como pode ser feita em qualquer altura. E o ideal é que o número de passos dados diariamente fique no intervalo entre os dez mil e os 14 mil.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

O que o chá verde faz à sua saúde