O seu animal de estimação está obeso? Tem de salvá-lo!

Ter uma alimentação saudável é cada vez mais uma preocupação entre os humanos. Já os animais de estimação, na sua maioria, continuam a comer os restos de comida dos donos. Uma alimentação caseira que raramente tem os nutrientes de que precisam para uma vida saudável.

“Apesar de existir hoje uma maior consciencialização da importância da nutrição para a saúde do animal, existem ainda donos que dão restos de comida humana aos cães e gatos, ou donos que cozinham para os seus animais, ou oferecem ‘mimos-extra’, pensando que estão a fazer o melhor”, explica ao Delas.pt Rita Silva, médica veterinária especialista em nutrição animal.


Leia também o artigo: 12 alimentos que podem matar o seu animal de estimação


Se o seu animal estiver com uns quilinhos a mais, não brinque com a situação. Tem razões para se preocupar. A longo prazo vão surgir doenças urinárias e diabetes que, por sua vez, vão obrigá-la a gastar dinheiro com os tratamentos. Mas pode começar já hoje a reverter a situação. Bastam 15 minutos por dia a brincar com o seu cão ou gato para prevenir o sedentarismo e a obesidade.

“Para os animais que passam muito tempo em casa sozinhos, os donos podem criar ambientes que promovam a atividade, que pode passar por simplesmente deixar o brinquedo favorito do animal à disposição”, indica a veterinária.

“Sem uma alimentação boa ele não poderá ser tão feliz”
Joaquim Gorgulho tem em casa um cão da raça Jack Russel Terrier. Não é obeso. O dono preocupa-se com o que o animal come e faz questão de, todos os dias, ir passear com ele.

“Não só ajuda a manter a forma como também possibilita a interação e o divertimento com outros cães. Dedico tanto tempo quanto possível, mesmo quando está mau tempo”, sublinhou Joaquim Gorgulho.

No entanto, o dono refere que tem alguma dificuldade em selecionar o que o animal deve comer. “Todos os fabricantes afirmam que os seus produtos são de excelente qualidade. Por esse motivo, sempre procurei recomendações de especialistas, nomeadamente os veterinários”, acrescenta o dono.

Veja, na galeria de imagens acima, as raças de cães e gatos com maior tendência para engordar.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Candidaturas espontâneas às legislativas