Subir

Oliver diz que a obesidade é mais perigosa do que o Estado Islâmico

Fazendo jus ao percurso que tem feito junto das escolas britânicas, para incentivar os jovens a iniciarem uma alimentação mais saudável, Jamie Oliver voltou a falar sobre o problema de obesidade que existe no Reino Unido e revelou que o excesso de peso é uma maior ameaça do que o Estado Islâmico.

“Se estão preocupados com aquilo que mais está a magoar o povo britânico, não é o Estado Islâmico, ok? A obesidade está a matar muitas pessoas, antes mesmo de chegar o seu tempo. Isto sim é guerra”, frisou o chef num programa do Channel 4, ‘Dispatches’, acrescentando que um terço das crianças no Reino Unido são obesas ou estão acima do peso recomendado.

Jamie Oliver, que sempre aplaudiu as iniciativas de David Cameron no combate à obesidade infantil e juvenil enquanto foi primeiro-ministro, tem criticado, nos últimos tempos, a postura de Theresa May, sua sucessora, em relação ao mesmo assunto.

Ainda em agosto, quando May abandonou o plano de proibir publicidade a comida fast food na televisão antes das 21h00, e decidiu, antes, desafiar os supermercados e produtores a reduzir o açúcar nos seus produtos, Jamie Oliver frisou ter ficado “chocado” e “desiludido” com a primeira-ministra britânica.

Nuno Cardoso