Moda masculina portuguesa em Paris com assinaturas femininas

A presença portuguesa na semana de moda masculina de Paris também se fez no feminino.

De 23 a 28 de junho, no âmbito da Heavy London Showroom – um centro criativo que expõe moda em Paris -, a criadora Alexandra Moura e a jovem designer Nycole juntaram-se a Hugo Costa, que desfilou com o apoio do Portugal Fashion, na apresentação das respetivas coleções primavera/verão de 2018.

Enquanto Hugo Costa se apresentou duplamente na capital francesa, com um desfile e a exposição de parte da sua coleção no Idao-Showroom, no número 117 da Rue Turenne, a alguns metros a consagrada designer Alexandra Moura e a bloomer Nycole mostravam também as suas propostas de roupa masculina para as estações quentes do próximo ano. As designers de moda contaram também com o apoio do projeto Next Step da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE).

Alexandra Moura não esteve presente em Paris, mas o Delas.pt viu as peças expostas no showroom e falou com o diretor comercial e de logística da marca, Diogo Sousa, que confirmou o o crescente interesse internacional no trabalho da designer portuguesa.

O mercado asiático – Japão, China, Hong Kong – é muito forte”, refere, acrescentando que aí há uma maior abertura “a outro tipo de designers europeus”.

Estar no “sítio certo, à hora certa, com a pessoa certa”, como diz Diogo Sousa, tem tido um peso na estratégia de internacionalização de Alexandra Moura, que há quatro anos faz de Paris montra obrigatória das suas coleções.

Em setembro, a designer regressa à cidade luz para mostrar a versão feminina desta coleção inspirada na deterioração do interior dos palácios e casas senhoriais portuguesas do século XVIII.

Mais uma vez a História volta a inspirar as criações de Alexandra Moura, que na coleção passada – outono/inverno 2017/18 – se baseou na conquista de Timor-Leste e no choque cultural entre os trajes tradicionais dessa zona do globo e os códigos de vestuário da Europa, nessa altura.

Segundo Diogo Sousa, a designer dedica “70% do tempo ao conceito”, em cada coleção.


Veja na galeria, em cima, alguns dos coordenados da coleção de Alexandra Moura


No showroom da nova coleção, que é marcadamente urbana, a inspiração dos interiores dos palácios portugueses reflete-se em pormenores como o tipo de costuras ou os bolsos presos com fitilhos. Os casacos reversíveis e a as gabardines, criadas em parceria com a marca portuguesa Duffy, destacam-se num conjunto de peças dominado pelos tons preto, caqui, branco e vermelho, e pelo padrão axadrezado.

Nos materiais utilizados, Alexandra Moura privilegiou as malhas, o linho, o algodão e os brocados, cujos desenhos remetem para os papéis de parede decorativos do interior daqueles espaços.

A bloomer Nycole apostou na mistura entre os lados desportivos e clássicos para a sua estreia em Paris

A designer de 25 anos, natural de Leiria, registou a sua marca em janeiro deste ano e apresentou-se na capital da moda, sobretudo, “com a expectativa e principal objetivo de dar a conhecer o nome”, como referiu ao Delas.pt

Para coleção de homem primavera/verão de 2018 o ponto de partida foi um documentário sobre dois DJ iranianos, impedidos de passar música no seu país, onde essa atividade não é permitida.

Assim, além do clássico e do desportivo, as suas peças evidenciam uma mistura entre uma estética mais ocidental e um lado mais étnico de inspiração iraniana, patente nos padrões.

A estreia de Nycole (Fotografia: Maria Rita)

Além dos showrooms, as estilistas apresentaram as suas coleções através de uma apresentação com manequins, este domingo, 25 de junho.

 

Imagem de destaque Nycole: Maria Rita

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

As peças em que deve investir nestes saldos