Parte da fortuna de George Michael vai para família, namorado e instituições

george

Parte da fortuna angariada por George Michael, estimada em 117 milhões de euros no total, será entregue aos sobrinhos do cantor britânico, que foi encontrado morto em sua casa este domingo, dia de Natal, pelo namorado, avança a imprensa do Reino Unido.

A voz de ‘Freedom’, que deixa um legado inegável no mundo da música, era padrinho de Roman e Harley, os filhos de Shirlie Holliman (que fazia coros nos Wham!) e Martin Kemp (baixista dos Duran Duran) e ainda dos filhos de Andros Georgiou, um dos seus melhores amigos.

A filha da Spice Girl Geri Halliwell, Bluebell, de quem o ex-companheiro de Michael, Kenny Goss, é padrinho e que o cantor acompanhou durante toda a infância, também deverá ser contemplada, estima a imprensa internacional. As irmãs mais velhas do cantor, Melanie e Yioda, o seu namorado, Fadi Fawaz, também deverão arrecadar uma fatia do património que George Michael deixa.

A imprensa britânica especula, também, que parte da fortuna de George Michael seja entregue a algumas das instituições de caridade que o compositor tinha por hábito ajudar, de forma anónima, com doações. Casos da Childline, da Terrence Higgins Trust e da Macmillan Cancer Suport.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Taylor Swift surpreende fã de 96 anos com concert…