“As jóias são o elemento perfeito para dar confiança às mulheres”

Patrícia D’Orey é formada em hotelaria mas as suas paixões são a pintura e as jóias. Em 2013, a pintora lançou a sua própria marca de joalharia. A Ca’dore aposta em peças modernas que se podem conjugar entre si com muito estilo. Além das coleções lançadas regularmente, é ainda possível encomendar peças especiais com a assinatura desta marca 100% portuguesa.

O que é que a inspira?

Sou pintora e adoro o que faço, por isso a inspiração para criar novas jóias vem sobretudo dessa área. Além disso, viajo sempre que possível, por isso inspiro-me nas minhas viagens pelo mundo, pela simbologia e pelos elementos da natureza, como as folhas, a lua, a estrela e os trevos e pelos animais, como andorinhas, borboletas, abelhas, cobras e formigas.

Que tipo de jóias gosta mais de fazer?

Não tenho um tipo preferido. Todas elas acabam por ter um pouco de mim e da forma como vejo o mundo porque o processo de criação pressupõe dias (ou até meses) de dedicação, desde o momento-chave da inspiração e desenho inicial, até à produção e resultado final.

Quais são as pedras que mais gosta de trabalhar?

Todas as pedras que utilizo são especiais e têm significado. Tento trabalhar e aprimorar o meu sentido estético todos os dias – também por ser pintora – e tento sempre escolher as pedras e as cores que melhor combinam com aquela peça em particular. As pedras que mais utilizo são zircónias, topázios, rubelitas, ágatas e turmalinas, que combinadas com a prata formam peças elegantes e possíveis de utilizar em circunstâncias muito distintas.

Quais são as jóias que as mulheres portuguesas mais usam?

Peças modernas, contemporâneas e sofisticadas, mas que sejam simultaneamente acessíveis. Algumas peças, como os colares, têm uma procura constante durante todo o ano, mas há outras que variam consoante a estação. As pulseiras, por exemplo, são mais utilizadas no verão.

O tipo de peças usamos hoje e que refletem preferências muito diferentes daquelas que tinham as nossas mães?

Antigamente era comum a compra de peças com um preço elevadíssimo, o que, naturalmente, limitava o número de jóias que cada mulher poderia adquirir. O ritmo de vida cosmopolita e as alterações constantes de modas e tendências têm feito com que cada vez mais as mulheres (e também os homens) procurem peças modernas e que consigam aliar a qualidade a um preço acessível. Queremos mais variedade, a um preço mais simpático, mas nunca descurando os materiais e a longevidade das peças.

Existem jóias para cada ocasião?

Claro que sim. Na Ca’dore tento sempre trabalhar as peças conforme as necessidades individuais de cada cliente, tanto ao nível do gosto pessoal como da ocasião a que se destina. Também faço algumas jóias por encomenda, como os anéis de noivado, ou outras em que incluo as pedras das clientes ou elementos que tenham um significado pessoal associado. Além disso, a Ca’dore tem várias peças possíveis de personalizar com nomes, símbolos ou datas especiais, através de gravação ou em brilhantes.

Como é que as jóias fazem diferença na imagem de uma mulher?

São o elemento perfeito para dar confiança às mulheres. Além de serem visualmente atrativas, simbolizam a feminilidade e a sofisticação que qualquer mulher gosta de ter associada. Além disso, as jóias são frequentemente utilizadas para eternizar os momentos mais importantes da vida das mulheres, como o pedido de casamento, um aniversário especial ou o nascimento de um filho.

Pontos de venda:

Porto: La Place Concept – Rua do Faial, 40

Lisboa :Nossa Concept – Rua das Gaveas, 14, Chiado e LBP museum Concept na Fundação Portuguesa das Comunicações

Braga: Largo do Jardim de Sta. Bárbara


Veja como limpar as suas jóias em casa.


 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Sem ideias para o Dia da Mãe?! Nós ajudamos