Subir

Polícia diz que Venus Williams respeitou a sinalização em acidente automóvel

A polícia de Palm Beach Gardens, nos Estados Unidos, concluiu na sexta-feira que a tenista Venus Williams não passou um sinal vermelho no acidente que originou a morte de um homem de 78 anos, em 9 de junho.
“Com base nas provas recolhidas, determinou-se que o veículo conduzido pela tenista entrou legalmente no cruzamento com o sinal verde”, informou a polícia.
Segundo as autoridades, o acidente ocorreu em Palm Beach Gardens, perto da residência da mais velha das irmãs Williams.
O choque entre os dois veículos aconteceu num cruzamento. No outro automóvel seguia um casal, uma mulher, de 68 anos, que conduzia o carro, e o seu marido, de 78, que foram transportados para um hospital.

A mulher sofreu múltiplas fraturas e o homem um ferimento grave na cabeça, acabando por falecer no hospital duas semanas depois de ser internado.
Na altura, a polícia garantiu que Venus Williams não conduzia sob o efeito de álcool ou drogas, nem utilizava qualquer dispositivo eletrónico.
As autoridades assinalaram que a investigação continua em curso, mas explicaram que, após as análises das gravações das câmaras de segurança, Williams reduziu a velocidade ao chegar ao cruzamento, devido ao trânsito.
Foi nesse momento, que o veículo da tenista sofreu um embate de outro carro, onde seguia o casal, versão que coincide com a apresentada pelos advogados de Williams.

Imagem de destaque: Facebook

Lusa