Portuguesa vence prémio Mulheres Inovadoras da UE

Susana Sargento: uma mulher na vanguarda das telecomunicações (Foto: Universidade de Aveiro)

A professora universitária Susana Sargento, cofundadora da empresa tecnológica Veniam, venceu na quinta-feira, dia 10, o primeiro prémio Mulheres Inovadoras da UE, que distingue mulheres com ideias de vanguarda, no valor de 100 mil euros.

Entregue pelo comissário para a Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, o prémio distingue o trabalho de Susana Sargento na área das soluções para a “internet em movimento”, transformando automóveis em pontos de acesso à internet sem fios, e cria redes móveis à escala das cidades que recolhem ‘terabytes’ de dados urbanos.

“É sempre uma grande honra ver os projetos portugueses, como o da Susana Sargento, vencer concursos europeus ao mais alto nível. Este projeto simboliza também o enorme potencial que existe em Portugal na área da economia digital e novas tecnologias. Não tenho dúvidas que, sem mais mulheres inovadoras, nestas áreas, a UE parte com uma enorme desvantagem para a 4.ª revolução industrial”, salientou o comissário.

A Veniam foi fundada em 2012 e está sediada em Montain View, na Califórnia, mas também tem escritório no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC).

Segundo dados da Comissão Europeia, as mulheres encontram-se sub-representadas no que diz respeito à criação de empresas inovadoras — apenas 29% dos empreendedores europeus são mulheres.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

A revolução sexual do consumo está a começar