Qual foi o “momento RTP” mais memorável para Catarina Furtado?

Catarina Furtado começou a sua carreira televisiva na RTP1 em 1992, como apresentadora do ‘Top +’ e, depois de uma década na SIC regressou, em 2003, à estação pública de televisão. A apresentadora de 44 anos conduziu esta terça-feira, ao lado de Fernando Alvim, a cerimónia que oficializou a entrada da RTP3 e da RTP Memória na televisão digital terrestre (TDT) e partilhou qual os momentos históricos da RTP que recorda com mais carinho.

“Logo com o Júlio Isidro porque estava a assistir, como espectadora, no ‘Fungagá da Bicharada'”, começou por referir, aludindo ao programa infantil que a RTP transmitiu no final da década de 1970. “‘A Ferreirinha’ foi um momento histórico. Já foi há 13 anos, acho que já se pode considerar assim (risos)!”.

A série histórica ‘A Ferreirinha’, que a RTP transmitiu originalmente em 2004, foi escrita por Francisco Moita Flores e narra a história de Antónia Ferreira, empresária portuguesa do século XIX ligada à produção do vinho do Porto.

Catarina Furtado
João Reis e Catarina Furtado na série ‘A Ferreirinha’. Casal deu vida a Camilo Castelo Branco e Ana Plácido (foto: Flickr RTP)

Na trama, Catarina Furtado deu vida a Ana Plácido, a mulher que viveu um romance proibido com o Camilo Castelo Branco. O escritor foi interpretado por João Reis, marido de Catarina Furtado. O casal apaixonou-se nos bastidores da produção, tendo casado em julho de 2005. Têm dois filhos, Maria Beatriz, de 10 anos e João Maria, de nove.

 

 

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Melania Trump retira grau de licenciatura do curr…