Que colégios perdem financiamento? A lista dos finalistas

Já é conhecida a lista dos colégios privados com contrato de associação para 3 anos que o estudo da direção geral da educação encontrou em território nacional a duplicar a oferta de ensino em zonas com escolas públicas, de acordo notícia avançada pelo Diário de Notícias. Este grupo de 43 instituições privadas vê-se ainda assim reduzido a 39, sendo Coimbra a cidade em que mais colégios perdem financiamento, num total de 10. A lista em baixo está organizada de norte para sul do território nacional, com nome, localidade, concelho e distrito de cada instituição afetada:

  1. ANCORENSIS – Cooperativa de Ensino Caminha, Viana do Castelo
  2. Colégio de Campos Vila Nona de Cerveira, Viana do Castelo
  3. Didalvi – Cooperativa de Ensino do Alvito – São Pedro, CRL Barcelos, Braga
  4. Colégio La Salle Barcelos, Braga
  5. ALFACOOP – Externato Infante D. Henrique Braga, Braga
  6. Didáxis – Cooperativa de Ensino – Riba D’Ave Vila Nova de Famalicão, Braga
  7. Escola Cooperativa Vale de S. Cosme Vila Nova de Famalicão, Braga
  8. Externato Delfim Ferreira Vila Nova de Famalicão, Braga
  9. Colégio Vizela Vizela, Braga
  10. Colégio Nossa Senhora da Assunção Braga, Braga
  11. Externato Vila Meã Amarante, Porto
  12. Colégio Paulo VI Gondomar, Porto
  13. Instituto Nun’Álvares Santo Tirso, Porto
  14. Instituto D. Duarte Lemos Trofa, Porto
  15. Colégio Nª Srª da Boavista Vila Real, Vila Real
  16. Colégio Liceal de Stª Mª de Lamas Santa Maria da Feira, Aveiro
  17. Salesianos de Mogofores – Colégio Anadia, Aveiro
  18. Colégio Dom José I Aveiro, Aveiro
  19. Estabelecimento de Ensino Santa Joana Aveiro, Aveiro
  20. Externato Dom Afonso Henriques Lamego, Viseu
  21. Escola Evaristo Nogueira, Seia, Guarda
  22. Escola Reg. Dr. José D. Fonseca – Arrifana, Guarda, Guarda
  23. Instituto de São Tiago – Cooperativa de Ensino, CRL, Proença a Nova, Castelo Branco
  24. Externato Nossa Senhora dos Remédios, Covilhã, Castelo Branco
  25. Instituto Vaz Serra, Sertã, Castelo Branco
  26. Colégio Rainha Santa Isabel Coimbra, Coimbra
  27. Colégio São Teotónio Coimbra, Coimbra
  28. Colégio de São Martinho, Coimbra, Coimbra
  29. Colégio Bissaya Barreto, Coimbra, Coimbra
  30. Instituto Educativo de Lordemão, Coimbra, Coimbra
  31. Instituto Educativo de Souselas, Coimbra, Coimbra
  32. Colégio Ap. Imaculada Conceição – Instituto Inácio de Loyola, Coimbra, Coimbra
  33. Colégio de Quiaios, Figueira da Foz, Coimbra
  34. Instituto Pedro Hispano, Coimbra, Coimbra
  35. Instituto Vasco da Gama Ansião, Leiria
  36. Colégio Senhor dos Milagres, Leiria, Leiria
  37. Colégio Rainha D. Leonor, Caldas da Rainha, Leiria
  38. Colégio de S. José ( Irmãs Dominicanas ), Lisboa, Lisboa
  39. Externato Bartolomeu Dias, Loures, Lisboa

Estes colégios ficarão impedidos de abrir novas turmas do 5º, 7º e 10º anos, financiadas pelo Estado, de acordo com as declarações da Secretária de Estado Adjunta Alexandra Leitão. Fonte do ME afirmou que “os colégios serão informados um a um”, em reuniões formais.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Esperança média de vida em Portugal acima dos 80…