Queda de Kvitova deixa torneio feminino de ténis mais pobre

Petra Kvitova

O quadro feminino do torneio de ténis de Wimbledon ficou na quarta-feira ainda mais enfraquecido, com a eliminação de Petra Kvitova na segunda ronda, passando a ter em prova apenas uma antiga campeã, Venus Williams.

Serena Williams e Maria Sharapova já estavam ausentes do torneio. Agora é a checa Kvitova, a campeã de 2011 e 2014, a cair logo à segunda, às mãos da norte-americana Madison Brengle, em três sets (6-3, 1-6, 6-2).

A única antiga campeã ainda em cena, depois da queda de Kvitova, passa a ser a norte-americana Venus Williams, que na quarta-feira superou a chinesa Qiang Wang, por 4-6, 6-4 e 6-1.

A mais velha das Williams (37 anos) aparece em Wimbledon como décima cabeça de série, mas o torneio promete ser de tal forma aberto que até mesmo a cinco vezes vencedora, entre 2000 e 2008, pode ter a sua ‘chance’.

A romena Simona Halep, segunda cabeça de série, derrotou com alguma dificuldade a brasileira Beatriz Haddad Maia, por 7-5 e 6-3, e a recente campeã de Roland Garros, a letã Jelena Ostapenko, superou a canadiana Françoise Abanda, depois de um mau arranque, por 4-6, 7-6 (7/4) e 6-3.

Esta quinta-feira joga a finalista derrotada da última edição, a alemã Angelique Kerber, que defronta a belga Kirsten Flipkens, bem como a checa Karolina Pliskova, terceira do ‘ranking’, que enfrenta a eslovaca Magdalena Rybarikova.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Raparigas fazem sexo em troca de alimentos