Roupa para criança alegres

Esta primavera enche-se de cores alegres com a Zippy, inspiradas pelos tons das flores e dos pássaros que dão cor aos dias solarengos. Já no verão quente, que vai derreter muitos gelados, os tons lembram a praia. Uma coleção que como nos explica Marta Sotto Mayor, designer da Zippy, “tem duas inspirações distintas mas que estão ligadas entre si. São os mesmos tons vistos com luzes diferentes”.

A Marta não tem filhos mas gosta de “roubar” os filhos de colegas e amigas para passear com eles nas lojas e ver as suas reações à roupa, gosta de perceber o que gostam de vestir. Desenha com paixão para crianças “expressivas, divertidas, curiosas, que gostam de roupa confortável… crianças alegres”, como nos contou no dia em que nos mostrou a nova coleção.

Mas roupa de criança não se faz só de paixão, são muitos os detalhes de segurança e conforto que se têm de ter em atenção.

“Temos de ter cuidado onde se colocam as costuras e os botões para não magoar. Temos de ter muita atenção à qualidade. Há coisas que não podemos usar em newborn e baby porque são agressivas ou tóxicas. Quando pensamos nas cores temos de ter atenção ao tipo de tingimento usado. Há fios, atilhos, ou alças que não podem ter determinados comprimentos, nem larguras porque podem ser perigosas para o bebé.

Temos um departamento de qualidade que nos trava, e bem, a criatividade, porque nos diz o que não é possível porque em termos de segurança não funciona.”

O controlo de qualidade é apenas um dos passos do processo de criação. O departamento de sourcing é o outro travão necessário a uma marca como a Zippy, neste caso o controlo está relacionado com o preço. A Marta explicou-nos como funciona: “Quando estou a desenhar uma peça, penso no que quero que ela transmita e desenho com esse objetivo na cabeça. Mas pode acontecer que o material escolhido tenha subiu de preço por exemplo, e aí entra o gestor de sourcing que me diz que tenho de repensar a peça porque em termos de preço não funciona. Nesse caso, tiramos alguns elementos da peça. Às vezes também acontece termos de acrescentar elementos a peças. Tento sempre fazer um filtro do que me pedem que tire, sem nunca esquecer o essencial que é saber o quero que a peça transmita.”

Esta “ginástica” só é possível porque existem três departamentos envolvidos na criação das peças e esse, segundo a Marta, é o segredo para o sucesso da Zippy. É este controlo rigoroso de qualidade e preço, e a flexibilidade para adaptações da equipa de design que permite que os preços se mantenham competitivos sem que se perca a segurança que a roupa infantil deve ter. Uma estrutura organizada que em nada nos faz desconfiar que a equipa de design é composta por apenas cinco pessoas, uma por cada segmento trabalhado pela marca.

Para além da coleção principal, esta estação foi lançada a coleção cápsula “Brothers & Sisters” que veste rapazes e raparigas de várias idades nos mesmos tecidos e tons. A escolha ideal para quem vai com muitas crianças para a praia e quer saber sempre onde elas andam.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Sonae quer investir mais na moda