Secador de mãos é pior que toalhas de papel

Secador de mãos é pior que toalhas de papel

A maioria das casas de banho públicas utiliza secadores de mãos de ar como alternativa às toalhas de papel. Acontece que um estudo da Universidade de Westminster, no Reino Unido, revela que, em termos de higiene, este equipamento espalha 1300 vezes mais bactérias, vírus e fungos do que as toalhas descartáveis.


Veja também o artigo Como acertar na temperatura ideal no duche?


Para esta experiência científica, cujos resultados foram publicados no ‘Journal of Applied Microbiology’, os participantes passaram as mãos, cobertas por luvas, por uma solução líquida que continha o vírus MS2. De seguida, usaram três métodos de secagem: toalhas de papel, máquinas de ar quente e secadores com jatos de ar.

As toalhas espalharam o vírus por uma área de até 25 cm ao redor da pessoa. As máquinas de ar quente projetaram o vírus a 75 cm de distância. As máquinas de jatos de ar espalharam o vírus por três metros – além de que espalham 1300 vezes mais do que as toalhas de papel.

Além do mais, um estudo que data de 2005 concluiu que as toalhas de papel diminuíam em 24% a quantidade de batérias na pele, enquanto os jatos de ar aumentavam em 117% o número de microorganismos.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Mais de metade dos bebés nascidos “fora do …