Seleção nacional volta a afastar CR7 do filho

Cristiano Ronaldo volta a estar longe do filho no dia em que este celebra mais um aniversário. O jogador está na Rússia ao serviço da seleção nacional, que disputa este domingo a Taça das Confederações frente ao México, ficando assim impossibilitado de abraçar Cristiano Ronaldo Júnior pelos seus sete anos.

O internacional português recorreu ao Instagram para, publicamente, dar os parabéns ao seu “amor”. “Estás a ficar um homem. [Estou] Orgulhoso de ti, em breve estamos juntos. Amo-te”, escreveu CR7 junto de uma imagem de ambos.

Já em 2016, neste mesmo dia, Ronaldo estava distante: em França a disputar o Campeonato da Europa de Futebol, que o nosso país viria a ganhar. Felicitaria também o filho através das redes sociais, mas ao fim do dia acabou por ter uma agradável surpresa, já que a sua mãe, Dolores Aveiro, viajou até Paris com a restante família, sem avisar, para que o filho pudesse estar com o neto.

E o afastamento do filho em dia de aniversário passou-se ainda em outros anos anteriores, a maioria deles também por “culpa” da seleção nacional: em 2014, quando o capitão da seleção nacional estava no Brasil por causa do Campeonato do Mundo; em 2013, quando esteve de férias sem a família em Miami, nos EUA; e em 2012, quando jogava o Europeu na Polónia e Ucrânia.

Recorde-se que foi em julho de 2010 que o craque português anunciou que tinha sido pai, surpreendendo tudo e todos. A identidade da mãe do menino nunca foi revelado e apenas se sabe que Cristiano Ronaldo Júnior nasceu em Los Angeles e foi trazido para Portugal pela avó.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Dolce & Gabbana responde a quem pede um boicot…