Um ritual de beleza domingueiro

É ao fim de semana que mais aproveitamos a vida e mais excessos cometemos, longos jantares, dançar pela noite fora, dormir pouco e rir muito. Não temos nada contra, e as rugas de expressão quando são de felicidade são muito bem-vindas, mas depois das grandes festas a pele fica mais cansada, seca e baça e isso ninguém quer. A solução passa por uma boa limpeza e exfoliação, mas o segredo que vai acabar com a ressaca da sua pele é o minutos é o multimasking.

A pele do nosso rosto não é toda igual. Já todas ouvimos falar da zona T do rosto que tende a ser mais oleosa, enquanto as maçãs do rosto secam e repuxam mais rapidamente.

O nosso rosto divide-se em quatro zonas: testa, nariz, queixo e maças do rosto. Tendo em conta que muitas vezes as necessidades da pele nestas zonas é diferente, que sentido faz utilizar o mesmo tratamento em todo rosto?! Foi com base neste conceito que surgiu uma das maiores tendências de beleza das atualidade: o multimasking. Este fenómeno começou a aparecer no Instagram com o #multimasking onde apareciam fotografias de rosto coloridos com máscaras diferentes nas diversas zonas do rosto.

 

pinterest

Imagem do Pinterest

Pode parecer apenas mais uma desculpa para encher as redes sociais de selfies de beleza, mas é mais que isso. O multimasking é a aplicação de várias máscaras de tratamento consoante a necessidade da zona do rosto, dando assim as respostas mais adequadas à nossa pele. Por exemplo nas zonas em que a pele é mais oleosa e tende a criar pontos negros é necessário usar uma máscara purificante que tem como principal função a limpeza acabando também por secar um pouco a tez. Este tipo de máscaras não é tão indicado para uma zona de pele seca ou sensível, onde se devem aplicar máscaras hidratantes.

A tendência já tem algum tempo e marcas de cosmética como a Vichy e a The Body Shop têm coleções de máscaras pensadas para se combinarem entre sim consoante as necessidades de cada mulher. A pele muda bastante devido a fatores externos, como a poluição e o stress, por isso o mesmo rosto em alturas diferentes do ano pode mudar completamente de necessidades, o que com o multimasking não é o problema, já que todas as adaptações são possíveis.

Para aderir à tendência tenha pelo menos duas máscaras: uma hidratante e outra purificante, pode ainda acrescentar máscaras exfoliantes e de tratamento antienvelhecimento. O primeiro passo para aderir a esta tendência é identificar as necessidades de cada parte do seu rosto e escolher a máscara certa para a combater.

Na nossa galeria irá encontrar várias máscaras que se podem combinar entre si para um tratamento mais eficaz da pele.


Veja também qual o desmaquilhante mais adequado para a sua pele.


 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Como acabar com a pele oleosa