A primeira mulher candidata ao governo de Tóquio

Apresentação da candidatura de Yuriko Koike ao governo de Tóquio (DR)

A antiga ministra da Defesa japonesa Yuriko Koike é a primeira mulher a candidatar-se ao cargo de governadora de Tóquio.

O anúncio foi feito, esta quinta-feira, pela política de 63 anos, que integrou, em 2007, o executivo do primeiro-ministro, Shinzo Abe, e que é atualmente deputada câmara baixa do parlamento japonês (Dieta).

Membro do Partido Liberal Democrático (PLD) – no poder neste momento -, Yuriko Koike diz-se preparada para “enfrentar o desafio” de concorrer àquele que é o segundo cargo político mais importante no país. A candidata espera agora conseguir o apoio do seu partido, que ainda não se pronunciou.

As eleições, que estão marcadas para 31 de julho, foram convocadas depois da demissão do governador de Tóquio, Yoichi Masuzoe, por uso inapropriado de fundos públicos.

Se conseguir ser eleita governadora da área metropolitana de Tóquio, um cargo equivalente ao de presidente da câmara, Koike vai gerir uma região com 13,5 milhões de habitantes e cujo Produto Interno Bruto (PIB) está entre o das dez maiores economias do mundo. Será também a responsável pela preparação da capital japonesa para receber os Jogos Olímpicos de 2020.

Apesar de ser a terceira maior economia do mundo, o Japão surge muito atrás de países com economias mais débeis e subdesenvolvidos, no que toca presença das mulheres na cena política. A participação feminina no Japão é inferior à de Estados como o Botsuana, a Libéria ou o Gana.

Imagem de destaque: Facebook Oficial de Yuriko Koike

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Ativista grega Lora Pappa recebe prémio Norte-Sul…