Subir

Zeerak é afegão e quer a igualdade de género. Vai lutar por ela na ‘Rua Sésamo’

A Rua Sésamo, um dos mais emblemáticos programas infantis mundiais, já está na luta pela igualdade de género. A edição do formato televisivo afegão acabou de mostrar aos mais novos, mas também aos adultos, o novo personagem que vai promover aquele valor.

Zeerak é um rapaz de quatro anos e apresenta-se vestido de forma tradicional. Em Baghch-e-Simsim – o nome da edição local de Rua Sésamo — trata-se do segundo boneco criado especialmente pela equipa daquele país.

[Fotografia: Instagram/Sesame Street]

É que Zeerak vem juntar-se à irmã mais velha que admira muito, Zari. Uma personagem que foi criada no ano passado, aquando da estreia da série infantil, e que se apresenta como uma menina que adora estudar e que está focada no sucesso profissional.

Zari, a irmã de Zeerak [Fotografia: DR]

O novo personagem, que agora entra no universo dos mais pequenos, tem às costas uma missão muito especial: mostrar o valor e o papel da educação, bem como a importância desta para a vida das mulheres.

Uma aposta que surge numa sociedade em que a grande maioria das mulheres vive arredada da formação. Estima-se que, no Afeganistão, cerca de 85% da população feminina não tenha educação formal, num território em que elas têm um dos mais baixos níveis de literacia do mundo.

“Criar um rapaz que não só respeita o facto de a irmã gostar de ir à escola, como quer ser como ela, pode indiretamente ensinar as crianças a gostar das suas irmãs”, conta a responsável máxima do canal que emite o formato, Massood Sanjer.

[Fotografia: DR]

Em Portugal, a série televisiva Rua Sésamo foi adaptada localmente – com cenários e personagens reais bem portugueses – e transmitida originalmente entre novembro de 1989 e maio e 1996, na RTP1. Foi repetida posteriormente.

Imagem de destaque: Twitter

CB