Subir

Kerry Washington já foi despedida por não ser suficientemente “urbana”

Kerry Washington é protagonista de 'Scandal'

Olivia Pope é a advogada feroz a que Kerry Washington dá vida em ‘Scandal’. Uma personagem que lhe garantiu o acesso à elite de Hollywood e que já lhe valeu duas nomeações aos prémios Emmy. Mas a atriz de 39 anos nem sempre foi valorizada. Chegou, inclusive, a ser afastada de dois projetos televisivos, por não encaixar no estereótipo de mulher perfeita. “Entrei nos primeiros episódios de duas outras séries, mas fui despedida e substituíram-me. Em ambos os casos, queriam que eu fosse mais ‘menina’, mais ingénua, mais urbana”, revelou, numa conversa com o ator Aziz Ansari, promovida pela revista ‘Variety’.

O criador da comédia original da Netflix ‘Master of None’, que tem ascendência indiana, mostrou-se, de igual modo, familiarizado com esse tipo de seleção em castings. “É interessante, todas as pessoas que não são um homem branco e heterossexual têm essa experiência”, frisou.

“Muitos outros atores que pertencem a minorias já me disseram: ‘Quando entras numa sala de casting e vês um monte de pessoas que se parecem contigo, começas a sentir ‘Oh, não estou aqui por mim, estou aqui porque encaixo na descrição da pessoa que eles procuram'”, revelou Ansari.

Agora, tanto ele como ela podem dizer que conseguiram vingar na (por vezes) seletiva indústria hollywoodesca. “Sinto que estou naquela fase em que não preciso de estar em casa à espera de ser convidada para a ação. Estou a criar trabalho por mim mesma”, concluiu Kerry Washington.

Carolina Morais / Fotografia: Reuters