Molly Goddard vence prémio de moda

A ‘designer’ Molly Goddard venceu o prémio BFC/Vogue Designer Fashion Fund 2018, no qual eram finalistas Paulo Marques e Marta Almeida, fundadores da marca Marques’Almeida, anunciou o British Fashion Council (BFC), o organismo de promoção da moda britânica.

Lançado há dez anos, o fundo visa identificar novos talentos e acelerar o crescimento ao longo de um período de 12 meses através de um prémio financeiro de no valor de 200 mil libras (226 mil euros) e o apoio de outros profissionais mais experientes em áreas como contabilidade, ‘merchandising’, estratégia de negócios, crescimento internacional, retalho e comércio eletrónico.

Os outros finalistas eram David Koma, Huishan Zhang, Le Kilt, Rejina Pyo, que, mesmo assim, beneficiaram de um programa de apoio por especialistas do setor, incluindo uma mesa redonda organizada por Paul Smith e uma sessão com Maria Hatzistefanis, da Rodial, e estão a receber conselhos jurídicos do gabinete de advogados Mishcon de Reya.

A rede retalhista chinesa JD.com recebeu ainda os finalistas em Xangai e organizou um desfile para mostrar as respetivas coleções para um público local de jornalistas, retalhistas e influenciadores do setor.

O júri foi presidido por Edward Enninful, diretor da edição britânica da revista Vogue, e composto por especialistas da indústria da moda como Caroline Rush, do BFC, Erdem Moralioglu, ERDEM; Gemma Metheringham, LABEL; Helen David, Harrods; a modelo Jourdan Dunn; Maria Hatzistefanis, Rodial; Sarah Manley, Burberry; Sarah Mower, embaixadora do BFC para talentos emergentes; Paul Price, Topshop; e Xia Ding, JD.com.

 

Imagens destaque: Reuters

A Chanel levou um navio para o centro de Paris