Subir

CR7 é a segunda pessoa mais seguida nas redes sociais. Lista é dominada por mulheres

São 238 milhões de seguidores entre os perfis oficiais de Facebook, Instagram e Twitter. Cristiano Ronaldo é a segunda pessoa com mais fãs nas redes sociais, adianta a Apple Tree Communications (ATC). De acordo com as contas feitas por esta empresa, o futebolista português é apenas ultrapassado por Taylor Swift, que tem mais oito milhões.

Há mais: CR7 não é só o homem mais influente das redes sociais, mas o único entre os cinco primeiros nomes da lista, já que em terceiro lugar aparece Katie Perry, com 219 milhões, e logo a seguir Selena Gomez, com 205 milhões, e Rihanna, com 190.

O estudo revela ainda que 65 por cento das pessoas mais seguidas são dos Estados Unidos, também 65 por cento são músicos e 60 por cento são mulheres. E adianta que o status destas personalidades foi conseguido porque elas têm, em média, sete anos de experiência em redes sociais e são ativas neste mundo (fazem, também em média, cinco publicações por dia).

Veja o top 20:

1. Taylor Swift: 246.391.948 milhões

2. Cristiano Ronaldo: 238.765.171 milhões

3. Katy Perry: 219.176.469 milhões

4. Selena Gomez: 205.052.285 milhões

5. Rihanna: 190.890.058 milhões

6. Shakira: 168.298.657 milhões

7. Justin Bieber: 164.943.105 milhões

8. Beyoncé: 163.185.985 milhões

9. Kim Kardashian: 158.678.275 milhões

10. Ariana Grande: 155.547.664 milhões

11. Barack Obama: 148.562.370 milhões

12. Lady Gaga: 143.038.051 milhões

13. Neymar Jr: 142.219.550 milhões

14. Leo Messi: 140.178.080 milhões

15. Jennifer Lopez: 133.715.371 milhões

16. Justin Timberlake: 130.748.918 milhões

17. Nicki Minaj: 128.654.767 milhões

18. Miley Cyrus: 128.354.125 milhões

19. Vin Diesel: 126.460.196 milhões

20. Eminem: 121.770.236 milhões

Uma curiosidade apontada pela ATC é que Cristiano Ronaldo é o mais seguido no Facebook (tem 117 milhões, contra 75 milhões de Swift) e que o maior número de pessoas a “gostar” da sua página é oriunda da Indonésia, país onde o número de fãs duplica o de Portugal e Espanha juntos.

Ana Filipe Silveira