5 fatos sobre depilação com lâmina (e há verdades e mitos)

lamina
Fotografia: Shutterstock

É comum ouvir-se dizer que os pelos, uma vez depilados com lâmina, crescem mais rápido e a pele fica mais seca. Reunimos a opinião de duas dermatologistas para avaliarem a veracidade de várias ideias preconcebidas sobre o tema.

1. Depilação com lâmina regularmente torna os pelos mais grossos

Verdadeiro e mito. Os pelos são apenas aparentemente mais grossos – esta foi a conclusão de Claudio Wulkan, da Sociedade Brasileira e Americana de Dermatologia. “A diferença é que quando uma pessoa corta ou raspa o pelo, acaba por tirar a parte mais fina, que é a ponta, o que faz com que o pelo fique com a parte mais grossa à vista”, explicou.

Segundo o especialista, a espessura, a cor e o tipo do pelo são definidos por fatores genéticos. O método escolhido para a depilação não tem a capacidade de mudar o que foi determinado pela genética.

2. Depilar resseca a pele

Verdadeiro. Aqui está mais um motivo para pensar em hidratar a sua pele. “Na depilação com lâmina é possível danificar a película hidrolipídica da superfície da pele, composta por água e gordura. Sem compensação de um hidratante, essa película é retirada”, explicou Laurence Netter, dermatologista em Paris.

O ideal é usar uma mousse ou um creme para aplicar na hora da depilação e depois da mesma.

3. Aumentam os pelos encravados

Mito. Os pelos encravados surgem porque não conseguem ultrapassar a barreira cutânea. De acordo com Netter, este fenómeno não está ligado à depilação com lâmina: “Se tiverem que ser encravados, obrigatoriamente serão”. A dermatologista aconselha a depilação a laser: “Mesmo para as pessoas que não têm orçamento para fazer sempre depilação a laser, bastam apenas três secções para que a estrutura do pelo fique mais fina e não ocorram pelos encravados”.

Contudo, a depilação a laser não elimina a necessidade de usar um bom esfoliante para remover as células mortas.

4. Não deve deixar a lâmina pousada junto à banheira

Mito. “Não precisa da lâmina esterilizada”, afirmou Laurence Netter. É normal, portanto, expor a sua lâmina a certos níveis de humidade, desde que não excedam certos limites.

5. Os pelos crescem mais rápido

Mito. De acordo com o site da Venus, “o ato de depilar não faz os pelos crescerem mais rápidos, mas sim a sua genética”.

O que acontece é que a depilação com lâmina gera resultados menos duradouros, uma vez que o pelo é cortado e não eliminado desde a raiz, como acontece com a cera.