Abuso de animais vai dar prisão até três anos, na Austrália

caes
[Fotografia_ Sebastian Coman Travel/ Pexels]

Quem violar o dever de cuidar dos animais de estimação e de gado pode enfrentar multa até 273 mil euros (287 dólares) ou mesmo pena de prisão até três anos.

As penas integram o novo código legislativo do bem-estar animal de Queensland, na Austrália, e que acaba de ser sujeito a uma nova revisão, com o agravamento das punições. Medidas que foram introduzidas esta sexta-feira, 2 de dezembro.

O clausulado revisto, revela o jornal britânico Daily Mail, integra um novo delito de violação agravada do dever de cuidado e criminaliza e pune práticas como cães fechados em carros, com exceção para os de trabalho, a aplicação de coleiras de rebites, a cauterização de patas de cavalo e o envenenamento.

As pessoas que forem identificadas pela prática de maus tratos animais na Austrália serão impedidas de ter animais no estado de Queensland.