Subir

Amy Schumer expulsou homem de espectáculo por comentários sexistas

Amy Schumer na capa de 'Vogue' em julho

A frase disparada da boca de um espectador que assistia a uma atuação de Amy Schumer em Estocolmo, na Suécia, não caiu bem à comediante e atriz: “Mostra as mamas.”

“Isso é muito querido da tua parte, mas se voltas a gritar, vais acabar por ir gritar ‘mostra as mamas’ para o parque de estacionamento”, respondeu-lhe a humorista do topo do palco.

Sempre de sorriso no rosto, Schumer não se deixou ficar por meias palavras e, perante a insistência do espectador, vaticinou: “Está na hora. Adeus.” E acrescentou ainda: “A Suécia é uma democracia.”

O homem que ousou enfrentar a humorista saiu acompanhado por um segurança. Choveram aplausos para Amy Schumer.

Esta não é a primeira vez – e não será provavelmente a última – que a humorista diz o que pensa. Recentemente, utilizou as redes sociais para mostrar o seu desagrado quando a revista ‘Glamour’ a apelido de mulher plus-size. “Penso que não há nada de errado em ser plus-size. São mulheres lindas e saudáveis. Nos EUA é considerado plus-size o tamanho 16 [46 em Portugal]. Eu visto entre os tamanhos 6 e 8 [36 e 38]”, começou por dizer Amy.

“A ‘Glamour’ colocou-me no seu artigo sobre plus-size sem me perguntar ou avisar e isso não me parece bem. As raparigas jovens veem o meu tipo de corpo e pensam que é plus-size?”, escreveu ainda.

Ana Filipe Silveira