Associação lança apoio psicológico grátis para refugiados ucranianos

maria Palha
Maria Palha,, psicóloga clínica especializada em situações de crise humanitária [Fotografia: DR]

O apoio será feito através de “terapia de grupo, tal como as práticas desenvolvidas no terreno em situações de conflito armado e crises humanitárias”, refere o comunicado que revela a criação de um programa gratuito para apoiar psicológica e emocionalmente refugiados da guerra da Ucrânia. Para participar nesta ferramenta gratuita, e que terá lugar em Cascais, será preciso um registo prévio no site da associação Be Human.

Com coordenação de Maria Palha, a especialista tem “experiência na criação de programas de apoio psicológico em cenários de guerra, tendo prestado apoio às populações na Síria, Líbano e também na Ucrânia, em Donetz, em 2014”.

“É com este conhecimento do terreno e das particularidades do conflito armado na Ucrânia, que Maria Palha desenvolveu um programa de apoio psicológico, para os deslocados de guerra que estão neste momento em Portugal. O programa Be Human for Ukraine é gratuito, sendo necessária uma inscrição através do site da Be Human”, refere a nota enviada às redações. O programa assegura a tradução das sessões para ucraniano.