Subir

Assunção Cristas: “Podem contar comigo em Lisboa e no país”

As sondagens dão uma vitória histórica ao CDS-PP na corrida à Câmara de Lisboa, com uma percentagem estimada entre os 16,2-20%, cerca do dobro dos votos conseguidos por Paulo Portas em 2001.

Assunção Cristas aguarda os resultados definitivos na sede do partido no Largo do Caldas, onde fez o primeiro discurso sobre os resultados. Além dos agradecimentos a todos os que votaram no CDS, a candidata à Câmara de Lisboa destacou ainda o seu compromisso não apenas com a cidade mas também com o país, dando também as boas vindas ao eleitores que votaram no partido pela primeira vez.

“Muito obrigada a todos os que confiaram em nós. Sei que muitos votaram no CDS pela primeira vez, sejam bem-vindos, não vamos defraudar o vosso voto! Eu prometi e prometo que em todo o lado, em Lisboa ou no país, não vamos defraudar as vossas expectativas. Muito obrigada pela confiança.

A segunda palavra vai para todos os que fizeram este caminho connosco, 19mil candidatos por todo o país, muitos do CDS, mas também muitos independentes, que num exemplo de cidadania se juntaram às nossas listas. E permitam-me também saudar o trabalho nas estruturas do CDS na pessoa do nosso coordenador nacional autárquico e a todos aqueles que trabalharam em todo país.

Disse no congresso em que fui eleita para a liderança do CDS, que para o CDS as eleições autárquicas não eram de menor importância. Pelo contrario, eram muito importantes e nelas estaríamos empenhados desde o primeiro minuto. Assim fizemos, e eu creio que fizemos muito bem! Os resultados estão à vista. O objetivo foi definido de uma forma muito simples: queremos crescer autarquicamente, aumentar a nossa expressão autárquica, garantir as nossas cinco câmaras – que estão garantidas e vão ser reforçadas – e dizer também que os objetivos eram aqueles que em cada concelho fizessem sentido e é por isso que posso dizer hoje que os objetivos foram superados. Disse nessa altura também que teríamos uma candidatura forte e mobilizadora em Lisboa, assim o fizemos com a Nossa Lisboa.

A confirmarem-se as projeções teremos em Lisboa o melhor resultado do CDS desde 1976. E por ventura estaremos em condições de triplicar o número de vereadores em relação aos que temos. Posso dizer com tranquilidade e uma grande alegria que o CDS cumpriu com o seu seu objetivo, superou o seu objetivo.

Posso dizer a todos aqueles que confiaram em mim em Lisboa, como disse na campanha, prometo superar as expectativas, prometo devolver em dobro e o meu compromisso com Lisboa, tal como com o resto do país está para durar, está para continuar e só ganha mais força nesta noite.

Valeu a pena começar há muito tempo atrás, valeu a pena arregaçar as mangas, valeu a pena calcorrear as ruas de Lisboa, valeu a pena ouvir todos, valeu a pena estar próxima das pessoas e o que posso garantir é que esta postura só agora está a começar. Podem contar comigo em Lisboa e no país. O CDS está forte e está a crescer”, declarou a líder do CDS debaixo de muitos aplausos na sede do partido.