Subir

Autor de ‘A Vida de Pi’ escreve livro sobre Portugal

Yann Marter (Foto de Geoff Howe / Facebook de Yann Marter)

Depois do êxito do livro ‘A Vida de Pi’, Yann Martel escolhe Portugal como pano de fundo para nova obra, a ser lançada em fevereiro nos Estados Unidos da América e Reino Unido e em maio numa versão portuguesa (Editorial Presença).

Aliás, Portugal era, há muito, um dos destinos a romancear, escolhidos pelo autor e vencedor do Man Booker Prize. Na verdade, a vida de Pi nasceu numa viagem à Índia, quando o propósito inicial era escrever uma história passada no nosso país, mas a revelação do romance em torno de uma criança e um tigre à deriva num bote salva-vidas acabou por levar ao adiamento dos planos.

Agora, mais de 15 anos passados, chega a obra ‘The High Mountains of Portugal’ e que começa por pôr em evidência Alfama, um dos bairros antigos de Lisboa. A narrativa, contada em três partes e através de histórias distintas, gira em torno de um jovem de nome Tomás que, na Lisboa de 1904, descobre um diário antigo que relata a existência de um tesouro que pode ajudar a redefinir a história. “Ele desce para a Rua de São Miguel, para o Largo de São Miguel e para a Rua de São João da Praça, antes de virar para o Arco de Jesus”, lê-se na obra que é apresentada pelo ‘The Guardian’.

Numa segunda parte do romance, 35 anos depois, um patologista português procura resolver o misterioso assassinato do jovem e vê-se envolvido nas buscas feitas anteriormente por Tomás. Numa nova fase temporal, já volvidos 50 anos, é a chegada de um senador canadiano à sua aldeia no norte de Portugal que vai ocupar o centro da narrativa. Com uma história de perda e luto, este visitante vai contar com um companheiro muito especial: um chimpanzé. O livro – parte histórico, parte fantástico – estará disponível na sua versão original em breve e vai ser traduzido antes do fim do primeiro semestre.

Imagem da capa do livro 'The High Mountains of Portugal'

Imagem da capa do livro ‘The High Mountains of Portugal’

C.B.