Subir

Brad Pitt acusa Angelina Jolie de não ter “autocontrolo”

Brad Pitt acusou a ex-mulher, Angelina Jolie, de não ter um “mecanismo de autocontrolo” e de, consequentemente, por em risco a intimidade dos filhos, avança a publicação norte-americana ‘People’. Depois de Jolie ter exigido que Pitt se submetesse a testes regulares de drogas e a consultas no psicólogo, o ator pediu ao juiz para não divulgar documentos sobre os terapeutas das crianças.

A acusação da equipa legal de Brad Pitt sustenta-se no facto de que Jolie terá “tornado públicos os nomes dos psicólogos e outros profissionais de saúde mental” que acompanham os filhos. Os advogados apontam, assim, para a incapacidade de “autocontrolo” da atriz de 41 anos em não conseguir manter matérias tão sensíveis como esta longe do escrutínio público.

O pedido para tornar os documentos secretos não é novo, tendo Brad Pitt tentado fazê-lo no início do mês de dezembro. Contudo, o juiz responsável pelo processo, em Los Angeles, rejeitou as pretensões do ator de 53 anos. Em novembro, aquele que era o casal mais mediático de Hollywood concordou que a custódia dos seis filhos ficava sob a tutela da mãe, Angelina Jolie, com Brad Pitt a ter direito a visitas às crianças.

Pitt e Jolie, que estiveram juntos mais de dez anos e casados nos últimos dois, separam-se em setembro depois do pedido de divórcio de Angelina Jolie. Desde então, o decorrer do processo em tribunal tem chamado a atenção da comunicação social, com os dois atores a trocarem acusações de parte a parte.


Leia também os artigos:
Clarice Falcão faz clip com nus frontais e meio Brasil não gosta
Carolina Deslandes está novamente grávida
Nomes que não se podem dar aos bebés em Portugal

Luís Alves Vicente // Fotografia: Reuters