Músico interrompe concerto para ajudar mulher assediada sexualmente

Brendan Ekstrom, o guitarrista da banda norte-americana Circa Survive, interrompeu o concerto no passado dia 21 de julho em Saint Louis, no Missouri, para ajudar uma mulher que estava a ser assediada sexualmente entre a multidão.

“Eu faço isto há vinte anos e nunca abandonei o palco durante uma atuação“, disse o músico nas redes sociais, no dia seguinte a este episódio, a fim de explicar aos fãs o sucedido. Ekstrom solicitou a intervenção dos seguranças no local mas acabou por ser ele a dominar a situação.

Durante uma música inteira percebi que um indivíduo estava a tentar beijar uma mulher agarrando-a. Era difícil dizer o que estava realmente a acontecer. Inicialmente parecia que ela respondia aos avanços mas depois reparei que ela empurrava o sujeito para trás”, conta ainda o guitarrista dos Circa Survive nas redes sociais.

Brendan Ekstrom usou a sua conta no Twitter para explicar aos fãs o que aconteceu no espectáculo em Saint Louis

Num impulso, deixei o palco e fui até perto deles. O segurança seguiu-me e o homem ficou estupefacto quando me viu. Não sei o que aconteceu depois, porque voltei para o palco e continuei o espetáculo. Percebi apenas que os seguranças levaram-na para longe daquele tipo”, relatou.

Brendan Ekstrom agiu com “raiva” a pensar no futuro da filha, ainda criança. Confusa, sem perceber o que se estava a passar, ficou o resto da banda, mas o guitarrista pediu, imediatamente, desculpa aos colegas e aos fãs que ali permaneciam. “Se calhar eram namorados, ou se calhar não eram. Em todo o caso, o que vi perturbou-me. Foi alarmante. Tenho quase 40 anos e namoriscar alguém não é isto“, rematou.

[Fotografias: Instagram]