Subir

Burn it: o que não nos mata faz-nos mais fortes

30 minutos chegam, na perspetiva dos VivaFit, para queimar calorias durante dois dias. Pelo menos é isso que diz Vanessa Lopes do ginásio das Laranjeiras no final da primeira aula de Burn It, para dizer de seguida que nesta aula não se faz alongamentos no final, para não desmanchar a tonificação que consegue num treino de alta intensidade. “Os músculos vão ficar a trabalhar durante mais tempo.”

O Delas foi experimentar esta nova modalidade e chegou à conclusão que 30 minutos chegam, pelo menos, para rebentar com as alunas… e connosco. O tempo aqui demora a passar porque cada exercício é repetido até à exaustão (normalmente em repetições de 10) após a qual se troca de exercício para depois fazer outro e voltar ao início da sequência. Resultado? Dói, o que significa que está a fazer efeito. Quem não cai redonda para o chão, por causa da subida rápida das pulsações, de certeza que ganha força e resistência instantaneamente.

“O Burn It tem dois formatos, Burn it Força e Burn It Cardio (HIIT), duas aulas distintas de 30 minutos cada: Treino de Força, onde são exercitados as pernas, glúteos e zona abdominal, e Treino Cardiovascular, onde é também exercitado todo o tronco, braços e core, ” diz a marca de ginásios em comunicado.

Esta modalidade foi desenvolvida nos estúdios da rede, é um treino orientado para mulheres, naturalmente, afinal os ginásios Vivafit só têm clientes do sexo feminino. A instrutora reforça a ideia de eficácia deste treino: “O primeiro objetivo é perder calorias, aumentar o gasto metabólico de cada uma para aumentar o consumo de calorias. Depois o tipo de exercícios vai de encontro ao que as senhoras precisam: muito trabalho de abdominais, glúteos e pernas”

 

Este treino já está disponível nos 22 centros da marca em Portugal. Há vários pacotes de preço que incluem esta modalidade.

CM