Calçado está a exportar 5% menos

Portugal está a vender mais pares de sapatos, mas a um preço bem mais baixo: 20,32 euros. Espanha comprou mais 42% em volume, mas pagou, em média, 8,73 euros. É a primeira quebra das exportações do setor desde 2009

O crescimento da economia portuguesa está a abrandar e os números do comércio externo comprovam-no: as exportações de bens cresceram 2,7% entre janeiro e março contra os 8,4% do trimestre anterior; nas indústrias tradicionais, há quem ganhe e quem perca.

As vendas de sapatos para o exterior foram de 509 milhões de euros, menos 5% do que no período homólogo, a primeira queda desde 2009. “Vivemos um momento de reajuste, em especial no setor do retalho, muito fustigado com três temporadas atípicas do ponto de vista climatérico e com o advento do comércio online. Esse mau momento do setor retalhista, mais cedo ou mais tarde, sentir-se-ia no setor industrial“, diz o porta-voz da associação do calçado, a APICCAPS.

Leia a reportagem na íntegra em dn.pt

Imagem de destaque: DR

Estes sapatos são uma das maiores modas desta primavera

Indústria do calçado aplica a partir de hoje igualdade salarial entre géneros