Subir

Candice Swanepoel defende a amamentação em público

Comprometida com o modelo brasileiro Hermann Nicoli desde 2005, o casal acolheu no dia 5 de outubro o seu primeiro filho, Anacã. Desde então, a manequim sul-africana de 28 anos tem-se dedicado de forma intensa à maternidade. No passado domingo, a modelo partilhou com os seus seguidores, na sua conta de Instagram, um desabafo sobre esta nova etapa da sua vida pessoal.

Candice Swanepoel admitiu já se ter sentido envergonhada pela amamentação em espaços públicos. O longo texto onde fala da sua mais recente experiência como mãe é acompanhada de uma imagem de si mesma a amamentar o seu recém-nascido.

“Muitas mulheres hoje têm vergonha de amamentar em público ou são expulsas de lugares públicos por alimentar os filhos. Tenho sentido a necessidade de cobrir os meus seios ao alimentar o meu bebé em lugares públicos, mas estranhamente não me sentir envergonhada em fazer sessões de topless em nome da arte…?”, questionou a modelo que já foi capa de diversas revistas como ‘Vogue’, ‘Elle’, ‘GQ’ ou a publicação norte-americana dedicada ao desporto ‘Sports Illustrated’.


“O mundo tem sido ‘dessensibilizado’ para a sexualização da mama e para a violência na TV, porque deve ser diferente quando se trata de amamentar? Amamentação não é sexual é natural. Quem acha que é errado amamentar o filho em público deve procurar saber dos benefícios que a amamentação tem para a mãe e para o filho e para a sociedade como um todo”, explicou manequim acompanhado da hastag “mother nature” (“mãe natureza”).


Leia também os artigos:
O significado dos nomes mais escolhidos em Portugal
Oito alimentos que nunca deve reaquecer
5 erros ao pequeno almoço que fazem ganhar peso

Ana Filipe Silveira