Subir

“Carpe Diem”, Judi Dench e a primeira tatuagem aos 81 anos

“Carpe Diem” foi a frase que Judi Dench escolheu para gravar permanentemente no pulso direito. A atriz, de 81 anos, fez a sua primeira tatuagem recentemente e explicou à imprensa britânica porque escolheu a frase que, em latim, significa “aproveita a vida”.

“É o meu lema de vida: aproveitar o momento. Foi Finty [a filha] que me deu este presente de aniversário [a tatuagem]. Ela é maravilhosa no que toca a surpresas”, disse ao ‘The Daily Mirror’.

A tatuagem da atriz britânica numa imagem partilhada no Twitter

A tatuagem da atriz britânica numa imagem partilhada no Twitter

A veterana do cinema, que já disse que palavras como “velha” e “reforma” não são pronunciadas em sua casa, já tinha adiantado, no início de 2015, que queria fazer uma tatuagem. Na altura, pensava gravar um símbolo indiano que, alegadamente, “representa vida, amor e tudo”. “Um operador de câmara que trabalhou em ‘O Segundo Exótico Hotel Marigold’ disse-me isto, mas tenho receio de estar a ser enganada. Pode ser alguma coisa feia”, explicou.

Recorde-se que há dois anos, a veterana do cinema afirmou ter tatuado a frase “Judi Dench ama Harvey Weinstein” no seu rabo, como homenagem a este produtor por a ter convencido a integrar o elenco do filme ‘Sua Majestade, Mrs. Brown’, de 1997, que lhe valeu a primeira nomeação aos Óscares da Academia de Hollywood. Desmentiu-o dias mais tarde, frisando ter-se tratado apenas de uma brincadeira. “Foi a minha maquilhadora que fez a pintura”.

Ana Filipe Silveira