Subir

Cartaz com Adriana Lima causa polémica na Alemanha

Um cartaz publicitário com a manequim brasileira Adriana Lima tem causado polémica em Munique. O outdoor mostra a campanha de verão da Calzedonia, estando em plena Marienplatz, uma das principais praças da cidade alemã.

Os turistas que visitam o local tiram, segundo o jornal ‘Süddeutsche Zeitung’, selfies com a gigante imagem de Adriana Lima, num cartaz com 114 metros quadrados em que a brasileira mostra a sua forma física.

As críticas têm surgido, no entanto, por parte dos locais. Os moradores da zona estão contra a exposição de Adriana “seminua” e até o Ministro da Justiça, Heiko Maas, já apelidou o anúncio de “sexista” e defende a criação de uma lei que proíba que qualquer homem ou mulher sejam tratados como objetos sexuais em publicidade.

Outras das palavras usadas pelos germânicos para descrever o cartaz foram, por exemplo, “machista” e “monstruoso”.

Com 35 anos, Adriana Lima é uma das mais populares e mais bem-sucedidas modelos internacionais. Nascida em Salvador, na Bahia, Adriana faz parte dos “anjos” da marca Victoria’s Secret.

Nuno Cardoso / Fotografia: Reuters