Centro de saúde angariou oito dadoras de leite materno desde julho

Centro de Saúde de Lisboa Ocidental criou a primeira consulta para selecionar e recrutar mães lactantes para recém-nascidos prematuros. Das dadoras que angariou desde julho, cinco dão leite. Carolina Torres é uma delas

Carolina Torres foi mãe, pela segunda vez, há cinco meses e há quatro que é também dadora para o banco de leite materno da Maternidade Alfredo da Costa (MAC). Uma doação feita através da consulta criada em julho de 2017 no Agrupamento de Centros de Saúde Lisboa Ocidental e Oeiras – a primeira e única criada para recrutar mães dadoras de leite materno para recém-nascidos prematuros.

É uma das cinco dadoras ativas que esta consulta já conseguiu. Ao todo, desde julho, a consulta recrutou “oito dadoras que cumpriam todos os requisitos necessários“, refere a enfermeira Ana Lúcia Torgal, responsável pela consulta de recrutamento no centro de saúde, que é o único nacional certificado pela UNICEF como Unidade de Saúde Amiga dos Bebés.

Leia mais em Diário de Notícias

Imagem de destaque: Shutterstock

Amamentação não prevista na lei pode gerar “desigualdade inaceitável”

“Vou amamentar até que a minha filha queira”