Subir

Chegaram à Europa comboios com carruagens só para mulheres

Chegaram à Europa comboios com carruagens só para mulheres

Depois de Japão, Índia, México, Brasil e Indonésia é agora a vez da Alemanha introduzir carruagens só para mulheres nos comboios. O objetivo é prevenir agressões sexuais. Uma proposta semelhante já havia sido discutida no Reino Unido, em 2015, acabando por ser rejeitada – à data, o principal defensor era o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbin, que queria criar um “espaço seguro”.

De acordo com o jornal inglês ‘The Independent’, a companhia ferroviária Mitteldeutsche Regiobahn criou carruagens exclusivamente para mulheres que se podem fazer acompanhar por crianças até aos 10 anos. A medida surge depois dos ataques sexuais ocorridos em Colónia, na Passagem de Ano. A empresa diz que o intuito é viabilizar um ambiente mais seguro para todos os viajantes do sexo feminino.

As carruagens exclusivas para mulheres vão situar-se imediatamente a seguir à composição do motorista. “A proximidade com o representante do serviço ao cliente foi escolhida deliberadamente”, disse um porta-voz da ferroviária alemã. O projeto numa primeira fase vai ser implementado unicamente na linha que liga Leipzig a Chemnitz (com cerca de 90 km).

A medida havia sido comunicada na semana passada, dias após da acusação formal do primeiro dos agressores de Colónia ter chegado às autoridades. Contudo a Mitteldeutsche Regiobahn nega que a medida tenha qualquer ligação a estes ataques, nem que seja uma resposta aos mesmos.

N.M.