Subir

Chocolate torna-nos mais inteligentes. Saiba como

Chocolate torna-nos mais inteligentes. Saiba como

Não é novidade que o chocolate é bom para o coração, ajuda na prevenção de acidentes vasculares cerebrais e até a proteger a sua pele do riscos do sol. Agora, há mais um benefício: ele torna-nos mais inteligentes.

De acordo com um estudo publicado na revista científica ‘Appetite’, as pessoas que comem chocolate pelo menos uma vez por semana melhoram a sua memória e o raciocínio abstrato.


Veja também o artigo É terrível, o chocolate vai desaparecer


“É significativo o chocolate toca uma série de domínios cognitivos”, explica o psicólogo Merrill Elias, um dos líderes do estudo, citado pelo ‘Washington Post’.

Merrill Elias começou a estudar os efeitos cognitivos em mais de mil pessoas no estado de Nova Iorque, desde a década de 1970, olhando inicialmente para a relação entre pressão arterial e o desempenho cerebral das pessoas. Há cerca de 15 anos decidiu estudar os efeitos do chocolate no cérebro.

A equipa de investigadores sujeitou mil voluntários a uma série de testes cognitivos, divididos em dois grupos. Descobriram que aqueles que comeram chocolate pelo menos uma vez por semana tinham uma atividade cerebral superior aos que não comeram.

Georgina Crichton, outro dos autores do estudo e investigador de nutrição na University of South Australia, disse ao Washington Post que os resultados do estudo indicam que nós seríamos melhores nas nossas tarefas diárias, por exemplo, “a lembrar-nos de um número de telefone ou da lista de compras, a ser capazes de fazer duas coisas ao mesmo tempo, como falar e conduzir”.

“O nosso estudo definitivamente indica que a direção não é quais as capacidades cognitivas que o chocolate afeta, mas sim que o consumo de chocolate afeta as capacidades cognitivas”, explicou o psicólogo Merrill Elias.

B.C.M.