Subir

Costuma estar sentada mais de meia-hora? Prepare-se para as consequências

links_AbacatesDas 24 horas que um dia tem, um adulto costuma estar acordado, em média, 16 horas. Dessas 16 horas, os adultos passam 12,3 horas sentados, aumentando o risco de morte. O alerta parte de um estudo da Universidade de Columbia, nos EUA, que analisou os hábitos de 7 895 pessoas com mais de 45 anos, entre 2008 e 2013. Durante estes quase cinco anos de estudo morreram 340 participantes.

A pouca prática de exercício físico com regularidade, aliada às largas horas que se passa sentado, agravam os efeitos do sedentarismo que, por sua vez, se refletem no metabolismo e acabam por afetar gravemente a saúde. Para evitar que isto aconteça, os cientistas recomendam que as pessoas se levantem, pelo menos, de 30 em 30 minutos.

“Há que sentar menos, levantar com mais frequência e movimentar mais”, ressalva Keith Diaz, autor da investigação.

Os EUA, México e o Brasil são, segundo uma outra investigação da Universidade de Stanford, também nos EUA, os três países menos ativos fisicamente. Na opinião de Keith Diaz é necessário fazer com que exista mais movimento no trabalho. O investigador sugere que se incluam nos escritórios mesas altas que permitam às pessoas trabalhar de pé ou em cima de passadeiras.