Subir

Dê um corte no cabelo e na violência doméstica

Até ao próximo domingo, 24 de setembro, decorre a VI edição da Hair Fashion Week. Uma iniciativa promovida pela Jean Louis David que nos dá, nesta altura, a possibilidade de fazermos o tradicional corte de cabelo, após as férias de verão, a preços mais em conta e contribuindo para ajudar uma associação sem fins lucrativos. Nesta edição, a APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima) foi a instituição escolhida.

Se ainda não se desfez do cabelo seco e das pontas espigadas, aqui tem uma boa oportunidade para fazê-lo e de forma solidária. A marca de cuidados capilares criou dois packs promocionais: o corte+brushing que normalmente anda entre os €20,90 e os €25,90 e por estes dias encontra-se a €19; e o cor+brushing que inclui qualquer serviço de cor que o salão tenha à disposição, desde uma simples coloração até uma técnica exclusiva da marca, e se geralmente chega aos €50, agora está por €25.

Destes valores, €1,5 reverte a favor da APAV, uma associação portuguesa sem fins lucrativos, fundada em 1990, que se dedica a apoiar vítimas de crimes através da prestação de serviços gratuitos e confidenciais.

Imagem da campanha: Jean Louis David Hair Fashion Weeks

O dinheiro angariado serve para que a APAV possa formar e qualificar mais técnicos (muitos deles voluntários) de apoio às vítimas de violência doméstica, mas também para que os gabinetes de apoio às vitimas (GAV) continuem abertos e a oferecer apoio não apenas a estas vítimas como aos seus familiares e amigos. Mas não queremos ajudar apenas com um contributo monetário. Queremos chamar a atenção para este problema”, disse ao Delas.pt Mariana Marques, Brand Manager da Jean Louis David.

Também Carolina Varela, Técnica de Comunicação e Marketing da APAV, declarou ao Delas.pt que: “são iniciativas como estas e exemplos como o da Jean Louis David, que hasteiam a bandeira da responsabilidade social, que nos permitem a manutenção diária da missão que todos os dias cumprimos: apoiar vítimas de crime”.

Falando de dados, Carolina Varela avança que: “entre 2014 e 2016, a APAV registou um aumento de 8,1% dos processos de apoio levados a cabo pela Associação. Em 2016, apoiámos mais de 9 mil vítimas”. 5 226 mulheres como vítimas de violência doméstica, o que dá uma média de 14 vítimas por dia, 100 por semana.

“A violência doméstica é um problema que se tem vindo a agravar e que afeta mulheres e homens de todos os estratos sociais. Infelizmente, os dados indicam que cerca de 81,9% das vítimas são do sexo feminino”, afirmou Mariana Marques, reforçando ainda o papel da Jean Louis David neste processo: “Qualquer pessoa – não apenas as mulheres – sente-se mais forte quando está confiante e bem consigo mesma. Uma ida a um salão de cabeleireiro pode fazer uma mulher sentir-se mais bonita e mais forte. A autoestima de uma pessoa é muito importante nestes casos, e é aí que Jean Louis David e os seus profissionais entram. Fazemos com que as nossas clientes se sintam especiais bonitas e confiantes. E acreditamos que isto lhes dará força para enfrentar as adversidades da vida”

A iniciativa começou a 18 de setembro e termina no próximo fim de semana, dia 24. Até agora tem corrido muito bem, afirmou Mariana Marques, explicando ainda que: “Acreditamos que isto acontece não apenas pelos descontos que estamos a oferecer, mas principalmente porque as pessoas se sentem verdadeiramente sensibilizadas para esta causa. Sentem que é uma forma de darem o seu contributo e apoio a estas verdadeiras super mulheres, que merecem todo o nosso apoio”.

Imagem de destaque: Shutterstock


Conheça também os blushes em forma de coração que ajudam a APAV.

Saiba ainda quais são os hábitos comuns que estão a estragar o nosso cabelo.


Florbela Lourenço