Subir

Eleições na Alemanha: Legislativas de hoje devem dar quarto mandato a Merkel

Angela Merkel

Quase 62 milhões de alemães são chamados este domingo às urnas para eleger o próximo governo, com as sondagens a preverem uma vitória da chanceler Angela Merkel, a quarta consecutiva, e a entrada da extrema-direita no parlamento federal.

As sondagens mais recentes preveem que a União Democrata-Cristã (CDU) de Merkel e a sua aliada bávara União Social-Cristã (CSU) obtenham 36% dos votos, ficando aquém da maioria no parlamento federal (Bundestag, de 703 deputados).

A Alemanha não tem tradição de governos minoritários, pelo que a CDU deverá iniciar negociações com outros partidos para a formação de uma coligação de governo.

As hipóteses mais avançadas por analistas são uma aliança com os Verdes (9%) e o Partido Liberal (8%) ou uma repetição da “grande coligação” com o Partido Social-Democrata (SPD), que deverá obter pouco mais de 20%.

A confirmarem-se as sondagens, o partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD) será o terceiro partido mais votado, com 11%, assegurando a entrada no Bundestag, o que ocorre pela primeira vez desde a II Guerra Mundial.

As urnas abrem às 08h00 locais (07h00 em Lisboa) e encerram às 18h00 (17h00).