Subir

Elisabete Jacinto está fora da corrida, mas a aventura continua até Dakar

Elisabete Jacinto terminou a sua participação na décima edição do África Eco Race. Danos na parte mecânica do camião obrigaram a piloto a abandonar a prova.

Segundo comunicado enviado à imprensa, o diferencial do camião partiu quando a equipa portuguesa se encontrava em segundo lugar da sua categoria. O trio conseguiu terminar a terceira especial circulando apenas com a tração às duas rodas de trás mas, à chegada ao acampamento, já não foi possível encontrar uma solução que permitisse continuar a corrida.

“Esforçamo-nos ao máximo por encontrar uma solução para o nosso problema e empenhámo-nos em arranjar um diferencial. Falámos com os concorrentes que tinham camiões iguais ao nosso mas nenhum deles tinha a peça”, começa por explicar Elisabete Jacinto, no mesmo comunicado.

Não fosse o fim de semana e a peça em falta, poderia ter chegado a tempo de prosseguir a prova. Mas não é o fim da aventura. Elisabete Jacinto vai continuar a acompanhar a corrida até à meta, em Dakar, ainda que de fora da competição. Como aconteceu até aqui, a piloto portuguesa vai continuar a reportar, diariamente e em exclusivo para o Delas.pt, o dia-a-dia na estrada até à capital do Senegal.

Esta sexta-feira, 5 de janeiro, cumpriu-se a quarta etapa do Africa Race que teve uma longa especial de 499 quilómetros cronometrados. Amanhã, a caravana chega a Dahkla, onde a prova realiza, no domingo, o habitual dia de descanso para depois partir para a Mauritânia. O rali termina no dia 14 em Dakar com a disputa da mítica especial cumprida nas margens do Lac Rose.

Elisabete Jacinto: O pequeno almoço para aguentar o dia