Empregada de limpeza despedida por dançar para o TikTok

maica total
[Fotografia: Montagem/Captura de ecrã/Maica Cabrera]

Os objetivos, revela a mulher espanhola, eram o de vencer o stresse e ao tédio das tarefas repetitivas de quem trabalha nas limpezas. O resultado, inicialmente aclamado no TikTok, acabou em despedimento.

Maica Cabrera, de 61 anos, partilhou vários vídeos seus enquanto dançava com utensílios de limpeza, entre eles uma esfregona, mas, ao fazê-lo durante o horário de trabalho, acabou por o perder. Tudo porque a direção da escola na qual trabalhava, o Colegio Gandhi de Madrid, Espanha, descobriu as imagens no TikTok, considerou-as faltas graves às obrigações laborais e acusou a empregada de desrespeito ao uniforme e de uso de horário de trabalho para fins pessoais.

Cabrera afirma, segundo avança a imprensa espanhola, que fazia estes vídeos já depois das tarefas terminadas ou em períodos de descanso. O caso está agora em tribunal, a ser acompanhado pelo sindicato, alegando que o despedimento é improcedente, que a empregada nunca quis ser pouco profissional ou faltar ao respeito.