Subir

Estes alimentos aumentam o risco de cancro de mama

cancro mama

Sabia que comer carne processada, como bacon, salsichas ou presunto, aumenta o risco de desenvolvimento de cancro na mama em mulheres pós-menopáusicas? A conclusão é de um estudo levado a cabo pela Universidade de Glasgow.

De acordo com os investigadores, as mulheres de meia-idade que ingerem mais de nove gramas deste tipo de produtos alimentares por dia (o equivalente a três fatias de bacon ou duas salsichas por semana) podem ser um quinto mais propensas a contrair esta patologia comparativamente às mulheres que não os consomem.

O estudo, que examinou 260 mil mulheres de meia-idade, revelou ainda que mesmo aquelas que comem menos de nove gramas de carnes processadas por semana têm 15% mais probabilidade de contrair a doença do que aquelas que se abstiveram completamente de as consumir.

Contudo, os especialistas da universidade escocesa não encontraram nenhuma ligação entre as carnes vermelhas e o cancro de mama nas mulheres mais jovens.

“O meu conselho de saúde pública para as mulheres é: se está particularmente preocupada com o cancro de mama, pode ser outro incentivo para melhorar a eficácia da sua dieta se comer menos carnes processadas”, frisa Naveed Sattar, professor de medicina metabólica da Universidade de Glasgow.

Em 2015, um relatório desenvolvido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) já tinha alertado para esta questão, considerando que as salsichas, o bacon e o presunto – entre outras carnes fumadas ou salgadas – estão no mesmo grupo de substâncias cancerígenas que o tabaco, o amianto e os gases emitidos pelos motores a gasóleo.

Imagem de destaque: Shutterstock

A contraceção hormonal pode aumentar o risco de cancro de mama?

Usar soutien provoca cancro da mama?

Rita Aleixo