Faça um casamento barato se quer evitar o divórcio

Quer evitar o divórcio? Então é melhor que aposte num casamento bem baratinho. Quem o afirma é um novo estudo, que diz que os casamentos mais dispendiosos tendem a acabar em divórcio.

Mais: anéis de noivado caros também diminuem as chances de felicidade a longo prazo. E que tal optar por um elástico colorido no dedo? Bem, vejamos, não precisamos de ir tão longe.

Este estudo foi conduzido pelos investigadores e economistas Andrew Francis-Tan e Hugo M. Mialon, que analisaram mais de três mil pessoas e casamentos nos Estados Unidos da América. E contra factos não se argumenta: grandes investimentos, grandes probabilidades de divórcio.

Então, quanto deve gastar num casamento para que dure?

Não só no casamento, como também no anel de noivado, atenção. Segundo este estudo, se o anel custar mais de 1500 libras (aproximadamente 1.697,46€) então a taxa de divórcio vai ser muito superior. Nem sequer tem direito a anel? Bom, sorte a sua, quem sabe.

Mas os investigadores não ficaram por aqui e oferecem-nos toda uma panóplia de dados importantes: na amostra masculina, um anel entre os dois mil e quatro mil euros está associado a mais 1,3% de hipóteses de divórcio.

Na amostra das mulheres, verificou-se ainda um aumento de probabilidade de divórcio de 1,6% se o casamento custar mais de 20 mil euros.

E não se preocupe quanto à lua-de-mel, porque essa sim pode estar assegurada. Ir passear nesta data tão importante diminui exponencialmente o risco de separação. Não invista demasiado no casamento mas vá relaxar para um local bem romântico e descontraído.

Por isso já sabe, ainda que o casamento de sonho tenda a ser altamente dispendioso, eis os dados que precisava para procurar soluções mais económicas e amigas da carteira. Segundo os investigadores, 700€ são o quanto basta para gastar no casamento e permanecer casada.

Confira na fotogaleria algumas vantagens de planear um casamento pequeno.