Subir

Freira descreve ataque a igreja em França

Terrorismo

Eram 9h43 de terça-feira quando dois homens entraram na igreja de Saint-Étienne-du-Rouvray, em Rouen, França. O padre James Hamel celebrava a primeira missa da manhã.

“Entraram bruscamente. Tomaram conta do espaço. Falaram em árabe. Vi uma faca. Eles [os atacantes] filmaram-se. Fizeram um tipo de sermão em árabe no altar. Foi um horror”, revelou a irmã Danielle, citada pela BBC.


Leia também o artigo: Instalação do terrorismo: novo paradigma para o Ocidente


A freira conseguiu fugir do local antes de o padre ser assassinado e deu o alerta, mas ainda descreveu ao pormenor tudo o que ouviu no momento em que o mataram. “Dentro da igreja, todos gritavam: ‘Parem, não sabem o que estão a fazer. Parem. Parem’. Mas não pararam. Forçaram [o padre] a ajoelhar-se. Ele tentou defender-se e foi aí que a tragédia aconteceu”, contou à rádio francesa RMC.

Os dois terroristas ainda tentaram degolar outro homem, que já não corre perigo de vida. Acabaram por ser abatidos pela polícia francesa. Mais tarde, o Daesh reivindicou o ataque.

Cátia Carmo